Crítica Social: Filme CRASH

Relatório crítico sobre o filme CRASH  

O Estudo da Realidade – Porta de entrada da ação Profissional:

O Serviço Social se preocupa antes de tudo com a realidade dos fatos, se preocupa com aquilo que de fato aconteceu ou que de fato acontece. Dessa forma só apartir do fator realidade se pode traçar um plano de ação para se ajudar a quem se tiver necessidade de ser amparado ou assistido por um assistente social. É de extrema importância conhecermos a realidade não só de forma asistematica e muito menos se deixar julgar somente pelo ponto de vista do senso comum, pois como estamos tendo todo um ensino em uma instituição superior elas esta nos provendo de ferramentas que nos capacita a ter um julgamento científicos, embasado em diversas pesquisas e atividades interdiciplinares. Somente, atraves do olho clínico de um profissional que tem uma leitura da realidade, como um todo, poderá fazer uma análise que contribua de fato para se atingir o objetivo esperado para casa ação/projeto que esta fazendo.

Acontecimentos:

A questão do “acontecimneto” é muito importante pois sem dúvida são os “acontecimento” que marcam as datas da história, seja no geral ou como no particular os “acontecimentos” em nenhum momento podem ser confundido com a palavra “fato”. “Fato” identifica ações que acontecem diariamente, o tempo todo, e os podemos considerar ate mesmo “banais”. Podemos ate mesmo considera o fator “acontecimento” como uma marca da raça humana é sem dúvida uma coisa que esta intrincicamente ligada ao ser humano. Isso com certeza porque o homem é um ser “histórico” e como sabemos história se remete a “acontecimentos”.

Cenários:

“Cenário” é todo lulgar onde acontece uma ação. Todas as nossas relações socias se passam em algum “cenário”, exemplo: Remetendo ao filme CRASH, ele mostra um “cenário” de discriminação, violência, exclusão social, drogas, conflitos religiosos e muitos outros panoramas que se diferenciam por sua ou podemos também dizer que se passa em “cenário” totalmente urbano e globalizado que é acidade de Los Angeles. O mais importante disso tudo (em relação ao “cenário”) é saber visualizar ou melhor identificar em que cenário determinda ação esta se passando, pois cada “cenário” exirge uma forma de ação, em outras palavras cada “cenário” tem sua particularidade.

Atores:

O termo de mais simples intendimento sem dúvida é “atores”. “Atores” são aqueles que estão fazendo a ação podem ser ativos ou passivos mas ambos estão interagindo com determinada ação. O termo “atores” também pode se referir a uma determinda classe, exemplo: os clericos, os politicos, os presos e etc.

 Relação de Forças:

A “Relação de forças” nada mais é que o atrito e/ou a interação entre esses atores. É muito comum “desde que mundo é mundo” a “relação de forças” é o que sem dúvida faz um processo de desenvolvimento em qualquer sociedade, pois necessáriamente pra que exista processo é necessário que exista a perca algo, nunca vai existir uma interação de forças com igualdade de mudanças (pois se assim fosse não se teria necessidade de mudar, continuaria do mesmo geito) mas o que pode existir é uma das partes dessa “relação de forças” sair “perdento menos”. O fato é que onde exista mais de um ator em determinado cenário com certeza vai existir essa relação pois cada ser humando tem uma força e por isso sempre vai existir essa relação. Também não se pode associar a questão da “relação de forças” como uma coisa “ruim” ou ate mesmo “boa” o que podemos e devemos mencionar e que é uma necessidade onde quer que exista uma interação entre duas ou mais pessoas, e/ou para ser mais direto ao ponto, onde exista um ou mais interesses em jogo (o que é o mais comum e o que gera mais conflito).

Articulação entre Estrutura e Conjuntura:

Essa frase, formulada por Lavoisier: “(…) nada no mundo se cria, tudo se transforma.” qual a relação que essa frase tem com a “articulação entre estrutura e conjuntura”? Coloquei essa frase pra ilustra que tudo é, e pertece a algo maior, e que essa força não só tem poder de gerar unidade (conjuntura – conjunto de acontecimentos) como também tem poder de as individualizar (estrutura). Toda essa articulação de estruturas formando novas conjunturas é a realidade com que lidamos todos os dias quando nos relacionamos em sociedade, contudo nem por isso devemos deixar de ficar atentos as anormalidades que acontecem através do contato desses mundos. Por isso devemos ter um olhar interpretativo pois esses contatos muitas vezes não são tão notórios a curto prazo. Essas relações sempre vão existir uma vez que existe pessoas diferentes, agora cabe a nós lidar com esses conflitos, tanto positivos quanto negativos, resultantes dessa interação de dois “mundos” que são individuais e coltetivos ao mesmo tempo, por isso depende o ponto de vista para se saber qual é a “estrutura e conjuntura”.

Análise Sobre a importância da leitura e Compreensão da realidade concreta: 

A relação de leitura e compreensão da realidade concreta é de vital importância para quem precisa lidar e desenvolver com questões de senso crítico. A única forma de apurarmos o nosso senso critico e interpretativo é ampliando os nosso horizontes com leitura de livros e artigos que nos mostre linhas mestres para o crescimento do nosso eu crítico, para que dessa forma nós mesmos possamos desenvolver nossa interpretação sobre cada assunto ou fato. É muito impotante que se leia mas é de mais importância ainda que se compreenda o que se esta lendo, são praticamento coisas diferentes mas que quando estão juntas mudam complemente um situação ou uma idéia, principalmente no caso realidade concreta. A compreensão da realidade concreta é em outra palavra saber interpretar o que acontece no nosso dia-dia. Diante disso voltamos a fator inicial: se temos um contume de leitura teremos também um bom nível de interpretação e de compreenção das coisas que somos obrigados a lidar diariamente e naturalmente poderemos fazer escolha pela opção mais viável, decisão essa que não tomaríamos em outros tempos se não tivessemos esse poder de interpretação (atravez da leitura) não teriamos como ver essas escolhas.

Por: Moacir Segundo Graduando em Serviço Social (UNOPAR) e Filosofia (UFG).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: